Você é intolerante à lactose?

Mais de 50% da população mundial é intolerante à lactose, que é o que acontece quando o intestino delgado não produz de forma suficiente a enzima lactase, levando a dificuldades de digerir o açúcar do leite (lactose). A intolerância à lactose pode se desenvolver em qualquer momento desde a infância até a idade adulta e pode ser difícil de diagnosticar porque os sintomas podem imitar outras condições clinicas, especialmente a síndrome do intestino irritável, que também pode causar cólicas, diarreia, gases, flatulência, náuseas e dores abdominais.

Uma das coisas importantes a ter em mente sobre intolerância à lactose é que, embora seja extremamente comum,ela também pode ser um sinal de outros problemas no trato gastrointestinal. A doença celíaca, uma alergia ao glúten contido em alimentos, tais como trigo, centeio e cevada podem resultar em intolerância à lactose por causa do dano as vilosidades do intestino delgado. Da mesma forma para a doença de Crohn, onde a inflamação no revestimento do intestino delgado pode resultar na perda da enzima lactase. Infecções gastrointestinais, tais como Giardia e rotavírus é uma causa comum de intolerância à lactose secundária, que pode ser temporária ou permanente. No cenário de gastroenterite com freqüência eu aconselho as pessoas a evitar temporariamente laticínios e depois reintroduzi-lo com cautela.

Este simples teste pode demonstrar sem você é intolerante à lactose:
Faça um jejum de pelo menos 10 horas, isso significa que se você acorda à 06 da manhã sua ultima refeição deverá ser às 20h. Ao acordar tome 1 copo grande de leite (300 mL) puro (sem adicionar açúcar ou achocolatados ou café), observe se você apresenta 3 ou mais dos sintomas abaixo, se apresentar, você pode ser intolerante à lactose!
Veja estes sintomas:
( ) Gases intestinais
( ) Náuseas
( ) Empachamento
( ) Cólicas intestinais
( ) Inchaço abdominal
( ) Gases estomacais (arroto constante)
( ) Distensão e dores estomacais.

Quando temos lactase, a enzima que digere a lactose, nosso organismo usa este açúcar como fonte energética, assim como algumas bactérias fermentativas utilizadas na produção de queijo e iogurte.
Fique atento aos alimentos que contêm lactose além do leite:
– Iogurtes podem conter lactose, mesmo sendo um produto fermentado do leite dependendo do seu grau de intolerância, procure por iogurtes sem lactose.
– Cereais matinais podem ter leite na sua composição
– Pães integrais podem ter soro de leite na sua composição.
– Queijos macios como cottage e queijo minas frescal têm mais lactose do queijos duros com parmesão, por exemplo.

Dra. Patrícia Alves Soares
Especialista em Nutrição Biomolecular
Especialista em Nutracêuticos
Especialista em Oxidologia