Temperos no Controle de Células Cancerígenas

Recentemente um artigo publicado online em 05 de outubro de 2012 na revista Carcinogenesis, Pesquisadres Alemães e Italianos relataram um importante efeito protetor da curcumina, um composto que encontramos no tempero açafrão, contra metástase de câncer de próstata em um estudo realizado com ratos. Experimentações prévias realizadas pela equipe descobriram um efeito inibitório dacurcumina contra a expressão de citoquinas pró-inflamatórias (substancias que promovem inflamação) conhecidas como Ciclooxigenases. Todo processo de inflamação celular, por processo de adoecimento ou sofrimento celular como o câncer, gera um composto chamado fator nuclear kappa-beta (NFkB). Ao testar a curcumina em um estudo com ratos com câncer de próstata, observou-se uma diminuição significativa nas metástases de pulmão. O processo de metastase, (do grego metástatis = mudanças de lugar, transferência) é a formação de uma nova lesão tumoral a partir de outra, em outra região aleatória.

“A inflamação crônica pode induzir à formação de metástases em células de câncer de próstata através da manutenção de um ciclo de feedback positivo pró-inflamatório e pró-metastático entre NFkB e Ciclooxigenases”, dizem os autores da pesquisa. “A curcumina interrompe este circuito fechado de realimentação através da inibição da sinalização de NFkB, conduzindo à menor formação de metástases.”
“Devido à ação da curcumina, as células tumorais sintetizaram quantidades menores de citocinas que promovem a metástase”, comentou a pesquisadora Beatriz Bachmeier de Ludwig-Maximilians-University de Munique.

A importante questão a ser considerada é que não há indicação da substituição do tratamento convencional para o uso de terapia com suplementação de curcumina, mas este resultado da pesquisa mostra que o uso deste tempero como agente preventivo pode ser bem visto. O grande problema no Brasil é o elevado custo do açafrão, sendo inviável a indicação do seu consumo diario como agende preventivo, entretanto, outros trabalhos demonstram a ação de diferentes agentes inibidores de NFkB como a quercetina presente na cebola, salsa e folhas de brocolis, além das frutas cítricase maçã, estes sim, fáceis de aumentar na dieta brasileira!

Suco antiinflamatório rico em quercetina:
-Suco de ½ limão orgânico com casca
-Agua mineral com PH acima de 8 – 1 copo
-1 maçã orgânica com casca
-3 folhas de brocolis orgânico
Modo de preparo: Bata todos os ingredientes no liquidificador e coe em uma peneira fina. Tome pelo menos 1 copo ao dia. Este suco tem alto potencial antiinflamatório, use sempre em processos viróticos e/ou alérgicos.

Dra. Patrícia Alves Soares
Especialista em Nutrição Biomolecular
Especialista em Nutracêuticos
Especialista em Oxidologia