Dor de Cabeça ou Enxaqueca?

Você sabe diferenciar estes dois tipos de dores? Vamos entender a diferença e conhecer o melhor caminho para o tratamento:

Enxaqueca:
A enxaqueca é uma dor de cabeça intensa, dolorosa que muitas vezes é precedida ou acompanhada de sinais sensoriais, como flashes de luz, pontos cegos, formigamento nos braços e pernas, náuseas, vômitos e aumento da sensibilidade à luz e som. A dor excruciante que a enxaqueca trazer pode durar horas ou até mesmo dias. A enxaqueca é um processo inflamatório muito intenso nos vasos sanguíneos da região do crânio próximo às têmporas, esta inflamação causa liberação de substâncias químicas potentes que causam os sintomas tão desagradáveis.

Pesquisadores do Instituto Glia, São Paulo, Brasil e Einstein College of Medicine, em Nova York, EUA, descobriram que crianças com enxaqueca são muito mais propensos a ter também problemas comportamentais, tais como problemas de atenção, ansiedade e depressão, em comparação com crianças que nunca têm enxaqueca. Algumas pessoas que sofrem de enxaquecas podem identificar claramente os gatilhos ou fatores que causam as dores de cabeça, mas muitos não podem. Gatilhos da enxaqueca potenciais incluem:
– Alergias e reações alérgicas
– Luzes brilhantes, ruídos altos, e certos odores ou perfumes
– Estresse físico ou emocional
– Mudanças nos padrões de sono ou sono irregular
– Tabagismo ou exposição ao fumo
– Saltar refeições causando hipoglicemia por longos períodos sem comer.
– Álcool
– Flutuações do ciclo menstrual, pílulas anticoncepcionais, as flutuações hormonais durante o início da menopausa
– Os alimentos que contêm tiramina (vinho tinto, queijo envelhecido, peixe defumado, fígado de galinha, figos e alguns grãos)
– Os alimentos que contêm glutamato monossódico (MSG), ou nitratos (como bacon, salsichas e salames)
– Outros alimentos, como chocolate, nozes, manteiga de amendoim, abacate, banana, frutas cítricas, cebola, produtos lácteos e alimentos fermentados ou em conserva.

Receita: Por se tratar de um problema inflamatório vamos sugerir uma receita de chá com a erva unha de gato, potencial anti-inflamatório reconhecido pela medicina chinesa e ocidental.
250 mL de água fervida
1 col. sopa da erva de gato.
Ferver a água e colocar sobre a erva. Deixar 15 min para extração das substancias ativas. Tome 2 a 3 xícaras por dia enquanto estiver em crise.

Dor de cabeça:
A dor de cabeça é a dor que ocorre na região do corpo, da cabeça e do pescoço superior. Ela pode afetar uma pequena parte da cabeça, como os olhos ou têmporas, ou pode afetar toda a cabeça. A dor pode ser aguda ou moderada, e pode vir junto com uma variedade de outros sintomas como sensibilidade à luz ou náusea. Dores de cabeça tensionais tendem a se sentir como um aperto em torno da cabeça. Estes tipos de dores de cabeça já foram associados com o estresse ou má postura, resultando em tensão dos músculos da cabeça e pescoço. É difícil determinar com certeza o que provoca dores de cabeça desde há muitos fatores a considerar. As mulheres são mais propensas a desenvolver dores de cabeça tensionais que os homens. Mas a maioria dos adultos entre as idades de 20 a 50 terão pelo menos uma dor de cabeça de tensão em sua vida.

Sintomas comuns de dor de cabeça:Sensação de aperto doloroso em ambos os lados da cabeça, embora a dor somente de um lado seja possível. Dor localizada sobre a testa, têmporas ou nuca.
Irradiação da dor para o pescoço e ombros, dor moderada e constante. Dor que aparece gradualmente. Estresse ou situações estressantes antes da dor de cabeça. Situações de estresse normalmente estão associadas a descargas de substancia pelo fígado e com isso uma boa aposta no tratamento da dor de cabeça comum é o auxilio à este órgão. Escolhemos uma erva simples que pode ajudar neste propósito.

Receita: Boldo do Chile , diferente do nosso boldo tradicional, o boldo do chile é muito eficaz em controlar a enzima xantina oxidase que é responsável pelos processos inflamatórios no fígado.
250 mL de água fervida
1 col. sopa do boldo do chile.
Ferver a água e colocar sobre a erva. Deixar 15 min para extração das substancias ativas. Tome 2 a 3 xícaras por dia enquanto estiver em crise.

Dra. Patrícia Alves Soares
Especialista em Nutrição Biomolecular
Especialista em Nutracêuticos
Especialista em Oxidologia