Aumentar Proteína e Reduzir Carboidrato?

Aumentar loucamente a quantidade de proteína e reduzir a todos os custos o consumo de carboidrato é uma estratégia frequentemente utilizada, pois muitas pessoas acreditam que essa conduta é mais saudável e ajuda na perda de peso. Triste engano. Um recente estudo publicado na Cell Reports, sugere que além dessa dieta não ser melhor para emagrecer ela também não é saudável. Neste estudo, 34 mulheres obesas foram distribuídas em 3 grupos: grupo controle, grupo que consumiu 50% do valor calórico da dieta de proteína (HP-diet) e o grupo que foi orientado seguir uma dieta padrão de emagrecimento (NP-diet). Após 28 semanas de estudo, foi observado que ambos os grupos (NP-diet e HP-diet) perderam a mesma quantidade de peso (10% do peso corporal). Ou seja, ambas as estratégias nutricionais apresentaram o mesmo efeito! No entanto, o resultado mais surpreendente foi na sensibilidade a insulina. As mulheres do grupo NP-diet melhoraram a sensibilidade a insulina cerca de 25-30% a mais do que o grupo HP-diet. A análise de sensibilidade a insulina é um importante indicador de saúde, pois menor ação do hormônio insulina pode levar ao aumento da glicose no sangue, diabetes tipo 2 e até mesmo problemas cardiovasculares. Portanto, esses dados indicam que dieta Low Carb e High Protein não é melhor para emagrecer e pode até mesmo bloquear alguns benefícios ocasionados pela perda de peso. Além disso, opinião pessoal minha, esses dados servem para mostrar que não devemos nos preocupar somente com a distribuição dos nutrientes da dieta, mas sim na qualidade dos alimentos que colocamos para dentro do nosso corpo, pois só reduzir carboidrato e aumentar proteína, não quer dizer que a dieta será mais saudável! Lembre-se “nós não comemos nutrientes, nós comemos alimentos”.

Artigo: High-Protein Intake during Weight Loss Therapy Eliminates the Weight-Loss-Induced Improvement in Insulin Action in Obese Postmenopausal Women – Cell Reports- Volume 17, Issue 3, p849–861, 11 October 2016