Acne: Terapias Naturais

A acne é uma condição da pele que geralmente aparece na face, pescoço, peito e costas. Começa com o acúmulo de óleos e células mortas e pode evoluir para pontos vermelhos, inchados e cheios de pus, chamados de espinhas quando na presença de germes nos poros. A alimentação é peça essencial na prevenção e tratamento das lesões, além dela, outros aliados trazidos da natureza podem auxiliar no processo. Um dos remédios populares para a acne é o Óleo Tea Tree. Trata-se de um óleo essencial que é usado diluído, aplicado diretamente sobre as lesões da acne. O Óleo Tea Tree possui atividade antibacteriana. Assim, a aplicação do Óleo de Tea Tree tópico em lesões da acne reduz a ação das bactérias Propionibacterium acnes, micro-organismos que habitam a pele na presença da acne.

 Evidencias científicas

 Num estudo publicado no Medical Journal of Australia, o Óleo Tea Tree proveniente da árvore Melaleuca alternifolia mostrou-se eficiente no combate à acne.  O estudo duplo cego comparativo envolveu 124 pacientes para avaliar a eficácia e tolerância da pele no uso do gel de Óleo Tea Tree 5% para tratar a acne leve a moderada, em comparação com o peróxido de benzoíla em loção 5%. Os resultados mostraram que tanto a 5% do Óleo Tea Tree (óleo de Melaleuca), quanto a 5% do peróxido de benzoíla ocorreu melhoria significativa dos pacientes com acne, com redução no número de lesões inflamadas e não-inflamadas (comedões abertos e fechados). Embora o início da ação anti-acne no caso de Óleo Tea Tree tenha sido mais lento, é animador que menos efeitos colaterais foram experimentados por pacientes tratados com o Óleo Tea Tree!

 O que evitar na alimentação

Como esperado, os carboidratos são agentes causadores da acne quando consumidos em excesso. A carga glicêmica alta de alguns alimentos como sucos de frutas adoçados, bebidas açucaradas, doces, arroz branco ou pão branco, batatas fritas, batatas cozidas, cereais pobres em fibras, macarrão e queijos afetam os níveis de hormônios insulina, e do IGF-1 (fator de crescimento semelhante à insulina), o que aumenta a produção de hormônios andrógenos e pode estimular o desenvolvimento da acne. Há evidências de que os produtos lácteos possam estar ligados à ocorrência da acne. Isso porque o leite contém, naturalmente, andrógenos e hormônios de crescimento que podem estimular o desenvolvimento da acne. Outro estudo, o Nurse’s Health, examinou 47.000 enfermeiros e apontou que, aqueles que consumiram mais leite quando adolescentes tiveram maiores taxas de acne grave na comparação aos que beberam pouco ou nenhum leite na adolescência.

 Minerais e hormônios envolvidos

 O zinco é um mineral bem conhecido no tratamento da acne. Estudos preliminares sugerem que o zinco pode ajudar no tratamento da inflamação da acne. Isso porque diminui a conversão de testosterona em Dihidrotestosterona (DHT), hormônio responsável pela acne.

 O que comer

 O zinco é encontrado naturalmente em ostras, carnes vermelhas, aves, feijão, nozes, certos tipos de frutos do mar, grãos integrais e cereais fortificados. Outros inibidores de DHT são: óleo de arroz, semente de abóbora e o fitoterápico pygeum africano.

Dra. Patrícia Alves Soares

Especialista em Nutrição Biomolecular
Especialista em Nutracêuticos
Especialista em Oxidologia