A uva como filtro solar natural

Em 2011 foi publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, os pesquisadores da Universidade de Barcelona relatam a descoberta de compostos na casca e sementes das uvas que podem proteger a pele da radiação ultravioleta (UV). A exposição excessiva à luz ultravioleta é reconhecida como a principal causa de câncer de pele e envelhecimento prematuro da pele. Raios ultravioletas exercem os seus efeitos nocivos ativando espécies reativas de oxigênio, que oxida as gorduras e DNA, levando a danos celulares e morte.

Uma equipe liderada pela Dra. Marta Cascante, membro Universidade de Barcelona Faculdade de Biologia, testou os efeitos das frações antioxidantes de compostos polifenólicos encontrados em várias uvas em culturas de células de queratina humana exposta a ondas longas e médias UVA e UVB. Eles descobriram que os polifenóis inibidiam a geração de espécies reativas de oxigênio intracelular, bem como a ativação de enzimas conhecidas como p38 e JNK1 / 2 que desencadeiam morte celular. O maior benefício foi observado para as frações que eram ricas em oligômeros de procianidina e ésteres galato. “Essas frações polifenóis inibiram a geração de espécies reativas de oxigênio e, como resultado, a ativação da JNK e p38, o que significa que têm um efeito protetor contra a radiação ultravioleta emitida pelo sol”, a Dra. Cascante explicou.

Cada vez mais os polifenois estão nos ajudando a manter a juventude e integridade da pele. Pesquisas anetriores já vinham demonstrando que os procianidinas ajudam a manter a integridade do colágeno da pele, justamente pelo efeito antioxidante. Já mostramos um artigo indicando que os polifenois ajudam a controlar a glicemia o que auxilia o emagrecimento, então fique atento! Muito suco de uva (light) ao se expor ao sol!

Dra. Patrícia Alves Soares
Especialista em Nutrição Biomolecular
Especialista em Nutracêuticos
Especialista em Oxidologia